terça-feira, 6 de janeiro de 2009

a única coisa autêntica num homem

- Sabes N., um homem só se conhece verdadeiramente em duas situações.
- Sim professor? Quais?
- Quando está sob a ameça de uma arma ou quando quer conquistar o coração de uma mulher.
- O professor já esteve sob a ameaça de uma arma?
- Não mas...
- O professor quer conquistar o coração de uma mulher?
- Claro que quero! E tu quando fores grande, também vais querer.
- E nessa altura eu vou-me conhecer? Mas eu gosto é de jogar à bola e..
- Nessa altura vais-te descontrolar. Vais passar dias inteiros a pensar nela. Noites sem dormires a pensar como ela é bonita. Os trabalhos de casa por fazer e só vais conseguir escrever o nome dela. Ai és mesmo tu.
- Mas a professora S. diz que devemos fazer sempre os trabalhos de casa e que devemos dormir oito horas pelo menos.
- Mas ai não és realmente tu. O controle é aparência. É um disfarce. O homem razoável e equilibrado é falso! O verdadeiro homem é aquele que fica à espera, horas e horas atrás da árvore para ver se ela namora com alguém. Prepara falsos encontros casuais. Faz telefonemas por engano só para ouvir a voz dela. Ensaia o que vai dizer em frente ao espelho.
- Mas isso é ridiculo, professor!
- Pois é N. Um dia vais perceber que o ridículo é a única coisa autêntica num homem e... hei! onde é que vais??
- Vou jogar à bolaaaaaaaaaaa

12 comentários:

Marlene disse...

Simplesmente amei este post :) sob a ameaça de uma arma, ou apaixonado .. interessante ponto de vista :P e grande final eheh
passarei cá mais vezes

um bom 2009!

Metade da Laranja disse...

Que giro...o verdadeiro homem, o autêntico homem é descontrolado :)

Bjitos

Astrid disse...

... Talvez um dia o mesmo menino troque a bola, por amores ou por livros como os do Milan Kundera e passe grande parte do dia (ou da solidão acompanhada das noites e dos sonhos com devaneios) a ensaiar passagem por passagem dos Risíveis Amores ou da inevitável Insustentável Leveza do Ser... Maybe...Maybe not... ;)

Sanxeri disse...

Hum, quando o amor é genuíno sentimon-so à vontade para sermos "nós mesmos" com a pessoa amada. Nesse ponto estou de acordo.

Só ao lado daqueles que amamos, e que nos amam, estamos à vontade para brincar, fazer figuras ridiculas... Para sermos genuínos. :)

*flor* disse...

O amor mostra-nos como deveríamos ser sempre!

=)

beijinho*(=

Astrid disse...

Em tempo: Aquele nosso velho amigo, bom como ele só e além de tudo irlândes, se pudesse e sem que fosse possível a nós dar por ela, bradaria: "o homem razoável adapta-se ao mundo; o homem que não é razoável obstina-se a tentar que o mundo se lhe adapte. Qualquer progresso, portanto, depende do homem que não é razoável."
Maybe... maybe not... ;)

Tita disse...

Acredites ou não, ia fazer um post sobre assunto muito semelhante. Não tanto aquilo que faz a autenticidade do homem, mas o "emburrecimento" deles (vocês) quando lá decidem amar realmente...

Precis Almana disse...

Ahahahah

Pólo Norte disse...

Bora jogar guelas?

Grão de Areia disse...

Delicioso! :)

z a i d a disse...

Há homens q complicam tanto, coisas tão simples. Nós mulheres não somos, contrário do q possam pensar, bichos-de-sete-cabeças. Às vezes podemos ser chatas e tudo mais, mas tmb nos "descontrolamos" qd queremos conquistar o coração de um homem. Believe me!

Aproveito para te desejar um óptimo 2009! (vamos lá ver se leio o livro este ano ;))

林宥嘉yoga disse...

AV,無碼,a片免費看,自拍貼圖,伊莉,微風論壇,成人聊天室,成人電影,成人文學,成人貼圖區,成人網站,一葉情貼圖片區,色情漫畫,言情小說,情色論壇,臺灣情色網,色情影片,色情,成人影城,080視訊聊天室,a片,A漫,h漫,麗的色遊戲,同志色教館,AV女優,SEX,咆哮小老鼠,85cc免費影片,正妹牆,ut聊天室,豆豆聊天室,聊天室,情色小說,aio,成人,微風成人,做愛,成人貼圖,18成人,嘟嘟成人網,aio交友愛情館,情色文學,色情小說,色情網站,情色,A片下載,嘟嘟情人色網,成人影片,成人圖片,成人文章,成人小說,成人漫畫,視訊聊天室,性愛,a片,AV女優,聊天室,情色