terça-feira, 14 de abril de 2009

As coisas que eu leio..

Huang O, poetisa chinesa so século XVI, no livro: "O barco da Orquídea":

"As formas de segurar o pé nas palmas das mãos eram abundantes e variadas, ascendendo aos picos do êxtase quando o amante transferia o pé da mão para a boca. O jogo inclui beijar, chupar e introduzir o pé na boca até encher ambas as bochechas, quer mordiscando-o quer mordendo-o vigorosamente, e passá-lo com ternura pelo rosto, pelo peito, pelos joelhos ou pelo membro viril.
Algumas amantes desenvolveram esta arte ao ponto de poderem agarrar com destreza o pénis entre os pés e conduzi-lo até à vagina.
O contacto dos orgãos genitais pelos pés provoca no homem vibrações de uma voluptuisidade indescritível."


Não é fetiche, mas sempre desconfie que os pézinhos de lótus das chinesas, escondiam segredos de ficar com os olhos em bico...

4 comentários:

Ana Omelete disse...

lol.
és mesmo perverso..
não é à toa que existem homens com fétiches por pés ;o)

beijinhos e boa semana! ****

Sayuri disse...

Pés...nãããã...

Mei disse...

Isso das "vibrações de uma voluptuosidade indescritível" eu não sei que não sou gajo... mas os meus pezinhos são 35 e o meu rapaz gosta de brincar com eles... vá-se lá saber porquê ;)

E Paulo, as coisas que tu lês!
Está uma delícia o texto.
Eu cá gostei!

Os rituais de chá japoneses também são deliciosos pois envolvem movimentos e exposições propositadas de pele em certos momentos, como o pulso por exemplo. São os pormenores de uma beleza provocadora e simultaneamente inocente. E nisso os orientais batem-nos aos pontos.

Marisa

Aquela que posso ser. disse...

e não é que comecei uma relação pelos meus pés de cinderela!!!