terça-feira, 14 de abril de 2009

Quem, eu?Mas vocês acham que... só podem estar doidos!

- Compraste casa no algarve e vais viver para lá?!! Mas.. são 600km de distância e não conheces lá ninguém... És completamente louco!

- O quê?! Vendeste a empresa, tiraste um curso de nadador-salvador e estás a trabalhar na praia??! És completamente maluco!

- Gastas o teu tempo livre com crianças violentas e mal educadas, de pais alcoólicos e preguiçosos? Só podes estar doido! Arranja mas é um filho teu!

- Mas vais trabalhar para um restaurante todo cócó, de um hotel de quatro estrelas, como empregado de buffê??! Mas tu nem segurar num prato sabes.. não sei quem é mais insano, se tu ou quem te contratou..

- Não acredito, só vendo.. vais fazer uma performance completamente nu, com público? Naa, só podes estar a gozar.

- O teu melhor amigo é um urso polar imaginário, e chama-se Snowball?? Que drogas usas?

- Mas tu não sabes dançar?! Um calhau mexe-se melhor do que tu! Dança de contacto e improvisação??! Ahahahaha! Não deves estar bom da cabeça...



Almoço de família, com avó, pais, tios...
- Então e é este ano que te casas?
- Quem,eu?Casar?? Mas vocês acham que eu sou maluco??

9 comentários:

Sanxeri disse...

E esperança no amor para toda a vida, nao há, nao? :P

Paulo disse...

e é preciso casar?é? ;)

Fenix disse...

Não!
Amor é uma coisa, casamento para toda a vida é outra.
Digo eu que sou casada :-)))
ehehehe
Estamos juntos quase há 22 anos, mas de papel passado (igreja não), ainda não há 20 e foi mesmo porque para ele fazia diferença.
Para mim pode fazer diferença pela negativa. Amo por prazer, fico enquanto amo, não por causa de um papel passado.
É melhor mesmo é não pensar muito no tal papel..., não vá correr o risco de me sentir presa...
:-)))
Pensamento estranho numa mulher de 44 anos, ha???
Pois..., sempre fui assim...
É melhor não me prenderem!

Não percebi grande coisa da primeira parte do teu post. Deduzo que decidis-te mudar de vida e levantaram-se todas as vozes dos "velhos do Restelo" aí do sítio...

Vai em frente!
Eu também gosto de mudar, às vezes radicalmente, de vez em quando. E adoro ver as caras de indignação antes e de admiração/inveja depois!

Beijinhos

Fenix disse...

Olha, gostava da tua opinião sobre o meu último post.

Ana Omelete disse...

é daquelas coisas que a família de toda a gente há-de sempre de perguntar.
A mim já desistiram de perguntar.
já sabem qual é a resposta.

como aos casais casados ou juntos perguntam: "então, quando é que têem filhos?"..

beijocas! *****

Sayuri disse...

Gabo a coragem de todas as coisas que fizeste, estas a fazer ou irás fazer! Casar seria 'peanuts' :)

Francesa disse...

Tantas coisas radicais e casar no fundo é que é!
Para responder sobre quando casas, podes responder sempre "pró ano"...

mar disse...

aí é que está...ah pois é...eles (avós, pais, tios) devem achar que sim, que és maluco...pelo menos eu achava!...no bom sentido, claro!

já agora esse teu amigo urso, por acaso é aquele que tinha medo de congelar e então queria voar?

Mei disse...

Mudar de vida nem sempre é compreendido pelos que nos rodeiam.
Partilhar isso com eles e os teus motivos é bonito e demonstra o quanto os teus em conta. Mesmo que eles não o compreendam.
Quanto à inexperiência em certas áreas, estamos sempre todos a tempo de aprender. A salvar vidas, a cuidar das crianças e a ser importante para elas (mesmo que sejam as dos outros) a segurar numa bandeja... seja o que fôr o importante é que TU te sintas bem na tua pele. Os outros acabarão por pressentir a tua felicidade e por compreender. Se te amarem.
Quanto a casar, é uma opção entre duas pessoas que se gostam. Eu e o meu rapaz estamos juntos há 18 anos e ele quer casar. Para mim não é relevante. Mas se isso o fizer feliz, não acho que isso me prenda mais que o amor dele me prende agora. Portanto venha o padreco que vai aturar-me uma semana a ouvir a confissão dos meus pecados! :D

Beijos grandes, com admiração pela tua coragem ;)
Marisa