segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Quem têm medo do lobo mau?

Numa recente troca de e-mails com uma outra bloguista, fiquei com esta dúvida:
Um homem que demonstre sensibilidade e atenção para com a mulher, será assustador?
E assustador como?

"Mas tal intensidade é um pouco assustadora. Talvez se prenda ao facto da falta de habito. Não estou habituada à homens que falem tão abertamente naquilo que sentem, muito menos ainda que exponham isso mesmo de forma tão clara e simples."

Um homem que assume que gosta da sua mulher e não têm reservas em mostrar o seu afecto. Que adormece abraçado em concha. Põem a mesa e pendura a roupa. Que a faz rir, mas rir bonita. Que a sabe ouvir. Que a olha na menina dos olhos. Que lhe tapa os ombros com o lençol a meio da de uma noite fria. Que se levanta às três da manhã para lhe fazer um chá de limão quando está doente. Que a ajude a enterrar o passado e a desenterrar o futuro. Que seja romântico e goste de a presentear com jantares à luz de velas. Não o que lhe diz «amo-te» vinte vezes por dia, mas o que sente que a quer amar ao longo dos próximos vinte anos. Que a ame rudemente na quarta e que a ame com ternura na sexta. Que a admira por ser uma excelente profissional. Que a elogie constantemente, e que a faça sentir sempre bonita e sexy, porque é assim que ele a vê. Que a adora ver brilhar. Que lhe adivnhe os desejos, mesmo quando ela não sabe o que deseja.
Isto assusta?

Será que temos que nos comportar como uns idiotas perante uma mulher? Será que temos que a ludibriar com jogos pesicológicos tipo toca e foge? Será que temos que demonstrar que somos uns garanhões e temos muitas gajas para vocês, mulheres, sentirem interesse?

Há tempos li uma frase de um terapeuta qualquer que me ficou na memória: "Uma mulher na presença de um homem que não se sinta à altura deste, desaparece sem justificar."
É estranho, mas acho que isso já me aconteceu.

Outra conclusão curiosa a que às vezes chego, é que há mais homens destes, do que vocês mulheres pensam. Mas muitos deles comportam-se como os tais idiotas que referi, porque é assim que eles pensam que vocês gostam...(em muitas conversas de homens, por vezes fico chocado com comentários deste tipo: "dei-lhe uns bons encontrões, mas é assim que ela gosta"...) e depois é triste haver mulheres que desconfiam de um homem sensível, porque só conheceram homens com comportamentos idiotas...

E a mim que sempre me ensinaram, que quem não demostra amor, é porque não o têm...

11 comentários:

Rakel disse...

1º há uma geração de homens ke pensam ke serem sensíveis é ekivalnete a serem idiotas
2º há mulheres ke pedem atenção à surdos emocionais.
3º meu, se tu pensas assim, como é possível ke estejas sozinho????

Paulo disse...

1º Talvez porque elas se assustam.
2º Talvez porque um corpo bonito por si só não chegue.
3º Talvez porque por aqui não abundem mulheres completas
4º Talvez porqeu tehna sido estupido
5º Talvez porque não nos tenhamos cruzado
6º Talvez porque já nos tenhamos cruzado , mas não reparamos
7º Talvez porque tenha chegado tarde
8º Talvez porque tenha chegado cedo
9º Talvez porque talvez...

maria teresa disse...

Um homem sensível é, quase sempre, um homem "bom", honesto, responsável e inteligente...
Não tenha nunca medo de mostrar a sua sensibilidade, nem todas as mulheres se assustam...

memyselfandi disse...

Olha, eu adoraria ser tratada dessa forma, que alguém fizesse por mim algo do género. Parece, realmente, que lês o pensamento das mulheres. Mas isso é o que todas vemos em filmes americanos que acabam sempre bem. E isso, quase de certeza, porque nos parece uma ideia tão perfeita que só nos filmes. Agora, quem não sonha com um relacionamento assim?

Sairaf disse...

Olá Paulo,
não é nada assustador muito pelo contrário, és merecedor de todo o meu respeito e carinho, por demonstrares tamanha sensibilidade com as mulheres.

O problema que surge nos dias de hoje é que ninguém quer sair magoado, humilhado e acima de tudo rejeitado por o outro.

Continua a escrever estas belas palavras, verás que um dia ela aparecerá.
Luta sempre por o que acreditas.

Profunda admiração pelas palavras que descrevem o que muitas mulheres procuram num homem, mas não encontram.

Abraço sincero
Muito obrigado por me deixares contemplar o teu mundo tão maravilhoso
Sairaf

Anónimo disse...

Não sei se assustador é a palavra certa, secalhar é.mas em tempos conheci um homem sensivel e que tambem tinha o dom de ler uma mulher como parece que tu tens. A atracção foi imediata, o sexo era brutal. Mas não ficámos juntos. E não foi porque ele não quisesse. E até hoje não sei explicar o que senti. Se medo, insegurança, receio de ser rejeitada, de vir a sofrer terrivelmente. Já lá vão 15 anos e nunca o esqueci e a cada homem que entra na minha vida só me faz lamentar mais a minha decisão.
Nós mulheres somos assim, inseguras, instáveis, complicadas...e ás vezes muito estúpidas..

olha, não pares de escrever, pelo menos fazes-nos sonhar.

Ana

Sayuri disse...

Pensei que estivesse tudo a correr bem aí por esses lados...

S* disse...

Gosto de me sentir valorizada e amada... mas mel a mais torna-se incomodo. Sou bastante meiga e adoro mimos mas dispenso que se colem a mim 24 horas por dia.

Fenix disse...

Conheço alguns homens assim e ...são os que prefiro. São homens com H.
Há mais de vinte anos até achei que tinha finalmente encontrado um assim e, por grande sorte, estava disponível para mim...
Investi tudo de mim para que resultasse... ainda estamos juntos...
Não digo que não me faça algumas das coisas que listas-te, porque faz e faz-me sentir mimada. Mas há outras coisas... não sei como explicar em poucas palavras... em tempos não faltava nada do que listas-te mas... faltam outras coisas...
Quero um homem sensível, tal como o descreves, mas forte como eu. Que me admire pela minha força, mas que lute a meu lado, em vez de caminhar atrás.
Que me admire pela minha coragem, mas que não dependa dela, que seja um igual...
Preciso de uma força igual (ou mais parecida) à minha a meu lado e não de alguém que me admira muito pela minha força, mas a quem tenho que "arrastar".
As gracinhas deixaram de me fazer rir, ou sequer sorrir... estou exausta...
É bom ter alguém que admira a minha alegria e vontade de viver, mas isso não chega se da outra parte não houver igual vontade e houver uma tristeza (doentia) e nunca contrabalançável...
A minha energia, vontade de viver, alegria, esvai-se e nem toda a sensibilidade (que também não existe) chegam para a assegurar...
Baralhei tudo... eu sei... desculpa...

Mas continua a ser como és!
Assim é que está certo.
Nunca a falsidade trouxe coisas verdadeiras.

Paulo disse...

Fénix,
um homem sensível não quer dizer que seja fraco. A sensibilidade é sò uma de muitas facetas de um homem completo. Não quer dizer que perca a sua masculinidade.

Não baralhaste nada, é isso mesmo, são duas pessoas a caminharem lado a lado na mesma direcção. E quando é preciso, uma puxa a outra e vice-versa.

Sabias palavras como sempre

Miúda-Mulher disse...

Gostei.